Palavra Chave:


Conheça mais
    Faça sua reclamação
    Direitos de Família
    Direito Penal
    Direito Civil
    Direito Trabalhista
    Direito do Consumidor
    Direito Previdenciário
    Polícia
    Política
    Direito Procesual Civil
    Direito Previdenciário
    Direito Processual Penal
    Sua Saúde
    Noticias
    QUEM SOMOS
Arquivos
    Publicações
    Petições


Facebobos
Sorte delas. O problema é que são empresas de práticas duvidosas e espinha dorsal gelatinosa. Quando instadas pelos...
PAINEL DO LEITOR
Veja a matéria completa no link: http://search.folha.com.br/search?q=PAINEL%20DO%20LEITOR&site=online
veja mais

 

17/07/2012 - Justiça dos EUA dá à avó chance de voltar a ver Sean Goldman

Justiça dos EUA dá à avó chance de voltar a ver Sean Goldman

Publicidade

DO RIO

A divisão de apelações da Corte Superior de Nova Jersey, nos EUA, decidiu que Silvana Bianchi, avó do menino Sean Goldman, 12, poderá continuar sua disputa na Justiça norte-americana para obter o direito de visitar o neto.

Família brasileira de Sean faz festa virtual de aniversário
Sean diz pensar em visitar o Brasil quando for mais velho
Impedida de ver neto, avó critica exposição de Sean
Sean diz que pai é seu melhor amigo

Três juízes da Corte sugeriram que Silvana e David Goldman, pai de Sean, tentem um acordo que garanta a visitação da avó brasileira.

Caso não consigam, os juízes norte-americanos determinaram que seja realizada uma nova audiência no caso.

Sean é filho de Bruna Bianchi, que morreu no parto do segundo filho, em 2008, quando já não queria voltar aos EUA.

É a primeira vez que Silvana consegue uma decisão favorável da Justiça americana desde que o neto foi levado de volta para os EUA, no Natal de 2009.

Rafael Andrade 20.dez.2012/Folhapress  

Silvana Bianchi, avó de Sean, em seu apartamento no Jd. Botânico, na zona sul do Rio

Silvana Bianchi, avó de Sean, em seu apartamento no Jd. Botânico, na zona sul do Rio

Informada pela Folha da decisão da Justiça norte-americana, Silvana Bianchi disse que essa era "a melhor notícia em muitos anos".

A advogada de David Goldman, Patrícia Apy, não respondeu aos pedidos de entrevista feitos pela Folha.

DISPUTA

Nascido nos Estados Unidos, Sean veio ao Brasil em 2004 com a mãe, Bruna Bianch, que morreu em 2008. O menino era criado pelo padrasto e pelos avós maternos.

Desde a morte de Bruna, David Goldman e a família brasileira disputam a guarda do menino. O caso ganhou repercussão internacional e envolveu até a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, que cobrou das autoridades brasileiras a devolução do garoto para o país.

Goldman vivia com a brasileira em Nova Jersey desde 1999 --o filho nasceu em 2000. Segundo ele, em 2004, Bruna levou o menino ao Brasil de férias, mas ao chegar ao país avisou que queria o divórcio e que manteria o filho no Rio. Para o pai, o menino foi sequestrado e foi mantido ilegalmente no Rio com os avós.

Reprodução/Dateline/NBC

O menino Sean Goldman

O menino Sean Goldman

Depois que ordem de 2004 da Justiça de Nova Jersey para devolução do garoto não foi cumprida, Goldman notificou o Departamento de Estado dos EUA. Ele também entrou com um processo no Brasil.

Entretanto, Bruna --que se casou novamente--, morreu no parto de sua filha com o segundo marido, em 2008. O padrasto, João Paulo Lins e Silva, assumiu a disputa judicial pela criança.

Os advogados de Lins e Silva argumentaram na Justiça que não há, no caso, desrespeito à Convenção de Haia --como alegou Goldman--, acordo internacional relativo à proteção de crianças e à cooperação sobre adoção. Por ter saído dos EUA acompanhado da mãe, e por ser brasileiro, não teria havido sequestro.

Sean voltou aos Estados Unidos graças a uma decisão do então presidente do STF, Gilmar Mendes, que suspendeu uma liminar que garantia a permanência do menino no Brasil. Sean deixou o Brasil na véspera de Natal de 2009.

Em maio deste ano os advogados de Silvana Bianchi, disseram que ela aceitaria encerrar a disputa jurídica com o pai do garoto se fosse retirada da exigência de pagamento para os advogados de David Goldman, pai de Sean.

Folha de São Paulo - 14-07-2012

http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1120149-justica-dos-eua-da-a-avo-chance-de-voltar-a-ver-sean-goldman.shtml

Inserida por: Dr. Espirito Santo fonte:  Folha de São Paulo
Imprimir   enviar para um amigo
Adoção tardia é objeto de estudo na UFPR
Em relação à convivência escolar, o estudo indica que 62% dos entrevistados disseram que a criança não passou por nenhum tipo de constrangimento na escola.
ALIENAÇÃO PARENTAL
PARA LER A MATÉRIA NA ÍNTEGRA, CLIQUE NO TÍTULO
Sob fogo cruzado
“Você nunca mais será feliz.” Essa foi uma das frases que a filha de Rubens* ouviu da mãe depois que o casamento chegou ao fim. Na época, a criança tinha pouco mais de 5 anos.
Saiba como agir quando seu filho sofre alienação parental
Os desentendimentos, brigas e desilusões são muitas vezes os motivos que levam casais a reavaliarem o casamento e por fim optarem por uma separação, que nem sempre é consensual.
Regra que facilita reconhecimento faz dobrar registros de paternidade
Para o diretor de registro civil da Anoreg-PR e presidente do Instituto de Registro Civil de Pessoas Naturais do Paraná (Irpen), Ricardo Augusto de Leão, a agilidade foi um dos maiores benefícios do provimento.
Interpol prende em Londres modelo brasileira acusada de sequestrar a filha
A briga agora está na internet. É entre dona Magda e o ex-sogro,Vieira. Ela está pedindo apoio para a causa da filha. Vieira distribuindo fotos de Fernanda nua.
IBGE: Guarda compartilhada de filhos dobra em 2011, mas ainda representa só 5,4% do total
O estudo ainda identificou um crescimento na proporção de divórcio entre casais sem ?lhos, que saltou de 26,8%, em 2001, para 37,2%, em 2011.
"Esta característica vem sendo adotada como padrão e se adequando às condições socioeconômicas da maior parcela da população brasileira", explica o IB
"Esta característica vem sendo adotada como padrão e se adequando às condições socioeconômicas da maior parcela da população brasileira", explica o IBGE.
O amor acaba quando acaba o dinheiro?
Mito: o amor acaba quando acaba o dinheiro - Verdade: casais com maior equilíbrio emocional passam por qualquer dificuldade sem abalar a relação
Paternidade socioafetiva se sobrepõe à verdade biológica
PARA LER A MATÉRIA NA ÍNTEGRA, CLIQUE NO TÍTULO

Total de Resultados: 457

Mostrando a página 2 de um total de 46 páginas

InícioAnterior1234567891011PróximoFinal

  Cadastre seu email e receba as novidades do reclamando.com.br
Cadastrar | Remover