Palavra Chave:


Conheça mais
    Faça sua reclamação
    Direitos de Família
    Direito Penal
    Direito Civil
    Direito Trabalhista
    Direito do Consumidor
    Direito Previdenciário
    Polícia
    Política
    Direito Procesual Civil
    Direito Previdenciário
    Direito Processual Penal
    Sua Saúde
    Noticias
    QUEM SOMOS
Arquivos
    Publicações
    Petições


Cliente reclama de custo de conserto de aparelho da Walita
A professora Maria Dalva de Oliveira reclama da solução oferecida pela Walita para o problema em seu multiprocessador...
CINEMA COBRA PREÇO ERRADO, DIZ LEITOR
No Carnaval, o administrador Daniel Rocha aproveitou para ir ao cinema, mas reclama do contratempo que enfrentou. "Fui...
veja mais

 

27/08/2009 - Sujeito de direito virtual

Maria Francisca Carneiro

O sujeito de direito virtual ou cibersujeito descortina um novo momento da história do Direito e da Ontologia. O surgimento histórico do sujeito de direitos é relativamente recente, pois remonta ao advento da burguesia.

Antes disso, o indivíduo não era bem delineado pelos aparatos jurídicos e, quando passou a ser, obedecia à fragmentação do pensamento cartesiano: era um sujeito retalhado, dividido em conformidade com o seu patrimônio material.

No Brasil, somente com a Constituição de 1988 é que o sujeito de direito tem a intimidade tutelada em lei, como bem jurídico fundamental. Portanto, o que se viu na história, foi uma ampliação do conceito de sujeito de direito, que se deu pouco a pouco, e que culmina com a idéia de cibersujeito.

Por outro lado, podemos considerar que o sujeito de direito virtual é um interlúdio entre a Ontologia e a Metafísica, pois enseja um novo estudo do ser. Tradicionalmente, a Ontologia faz a distinção entre essência e existência.

Os entes que possuem essência ou substância são chamados "seres"; enquanto que os entes sem essência possuem apenas existência. Nós, humanos, somos dotados de essência e existência, ao mesmo tempo.

Figuras mitológicas ou lendárias (como por exemplo, Branca de Neve, Papai-Noel, etc) possuem apenas existência, mas não têm essência. A essência pura, para os religiosos, é Deus.

Nesse contexto, pergunta-se: qual é a Ontologia do cibersujeito? Possui ele essência e existência? Ou se trata de uma mera entidade mental, de um sujeito de direito sem essência?

Analisemos a questão, lembrando que, antes de tudo, o cibersujeito é um sujeito de direito. Este não tem apenas direito ao nome, mas dever ao nome. Eis aí uma questão que diz respeito à identidade.

Para o direito autoral, o anonimato é proibido, pois fere a liberdade de expressão e pode causar danos morais. Já o presudônimo é permitido, desde que haja possibilidade de identificação e desde que seu objetivo seja tutelar a intimidade do autor.

No caso do cibersujeito, há o problema do anonimato como modo de preservar a identidade, vale dizer, o sujeito não deve expor os seus dados pessoais como modo de proteger a sua intimidade na web.

Há também a questão da individualidade tradicional do sujeito do direito, que é uno, singular; é uma só pessoa. O cibersujeito, por outro lado, pode expressar-se através de duas ou mais identidades, bastando, para tanto, cadastrar tantos endereços eletrônicos quantos queira, ou tendo tantos avatares quantos quiser na second life.

O sujeito de direito tradicional ocupa apenas um lugar no espaço, enquanto que o cibersujeito pode ocupar dois, três ou mais lugares no espaço; ou ainda nenhum espaço. Aqui está a relação entre ente e espaço, que também é da esfera da Ontologia.

Resta o problema da subjetividade, que compõe o conceito jurídico de sujeito de direito. A subjetividade, para vários autores, tem a psicanálise como via de acesso.

Ora, não há como psicanalisar o cibersujeito ou modelizar a sua personalidade, que não é imediata. Seria ele um sujeito de direito sem subjetividade? Por essas razões, ao contemplar o sujeito de direito virtual deparamo-nos com um novo capítulo na história do sujeito de direitos.

O cibersujeito apresenta bifurcações e antinomias, que tanto podem ser geradas pelo excesso de tecnologia, como pela sua carência. Se considerarmos o ciberespaço como um ambiente democrático, aí teremos a prevalência dos interesses sociais sobre os individuais e então o sujeito de direito virtual será antes de mais nada um ente plural, coletivo, bastante diferente do indivíduo; mas não parece ser essa a tendência dos estudos sobre a matéria.

A temática do cibersujeito pode ser entendida de duas maneiras: retrospectiva, voltando-se para a construção passada e histórica do sujeito de direito; e prospectiva, na medida em que aponta para um futuro sujeito de direito, em permanente construção.

Maria Francisca Carneiro é doutora em Direito pela UFPR, pós-doutora em Filosofia pela Universidade de Lisboa, membro da Italian Society for Law and Literature (ISLL). mfrancis@netpar.com.br

O Estado do Paraná – 23-08-2009

Inserida por: Dr. Espirito Santo fonte:  O Estado do Paraná
Imprimir   enviar para um amigo
O linchamento e nós
Editorial O linchamento e nós Crescem casos de violência coletiva, bruta e irracional, atualização urbana da Lei de Talião. O estado das coisas mostra que é hora de pensar no assunto E eis que o linchamento se tornou o assunto do noticiário. Algum
Supremo recebe ações penais da Operação Lava Jato
Investigação Supremo recebe ações penais da Operação Lava Jato Processos foram repassados pela Justiça do Paraná ao STF porque há indícios do envolvimento de congressistas 23/05/2014 | 19:49 | Folhapress O STF (Supremo Tribunal Federal) recebeu
Ficha suja pode impedir que 12 se candidatem ao governo
Garotinho, candidato no Rio, tem condenação como Luiz Fernando Pezão, atual governador, e César Maia, que também disputará o governo Eleições 2014 Ficha suja pode impedir que 12 se candidatem ao governo Levantamento feito com base em ações judici
Dolo eventual x culpa consciente no crime de embriaguez ao volante - critérios de distinção
Dolo eventual x culpa consciente no crime de embriaguez ao volante - critérios de distinção Retoricamente a distinção é bem clara, mas na prática a linha se revela muito tênue; quase um exercício de vidência. Salvar • 21 comentários • Imprimir • R
Abuso sexual de crianças agora é crime inafiançável. Aprovado na Câmara, texto segue para sanção presidencial (Getty Images
Abuso sexual de crianças agora é crime inafiançável. Aprovado na Câmara, texto segue para sanção presidencial (Getty Images) Um projeto de lei que torna hediondo o crime de exploração sexual de crianças e adolescentes foi aprovado nesta quarta-feir
Lentidão da Justiça livra deputado federal de responder por 3º crime em processo
Lentidão da Justiça livra deputado federal de responder por 3º crime em processo Fernando Giacobo (PR-PR) teve acusação por falsidade ideológica prescrita no STF no último dia 16. Político já tinha acusação extinta no mesmo processo por formação de quadr
Oito ações da Lava Jato não envolvem deputados e poderiam ficar no Paraná
Teori Zavascki, ministro do STF ; Fernando Francischini (SDD-PR), deputado federal Escândalo do doleiro Oito ações da Lava Jato não envolvem deputados e poderiam ficar no Paraná Segundo parlamentar, juiz que era responsável pelo caso disse que vá
Dilma sanciona lei que torna crime hediondo exploração sexual infantil
LEGISLAÇÃO Dilma sanciona lei que torna crime hediondo exploração sexual infantil Texto torna o crime inafiançável e condenado terá de cumprir um período maior no regime fechado para poder pleitear a progressão da pena 21/05/2014 | 21:47 | FOLHAPRE
Ministério Público pode investigar crimes eleitorais, decide STF
JULGAMENTO Ministério Público pode investigar crimes eleitorais, decide STF Resolução do TSE limitava poder de investigação do Ministério Público, estabelecendo que possíveis crimes eleitorais poderiam ser investigados apenas com autorização da Justiç
Réu do caso da “sogra fantasma” tem direito a foro privilegiado, diz TJ
Judiciário Réu do caso da “sogra fantasma” tem direito a foro privilegiado, diz TJ Ação por peculato contra Ezequias Moreira, secretário especial do governo Richa, irá agora tramitar no Tribunal de Justiça e não mais na primeira instância

Total de Resultados: 1830

Mostrando a página 2 de um total de 183 páginas

InícioAnterior1234567891011PróximoFinal

  Cadastre seu email e receba as novidades do reclamando.com.br
Cadastrar | Remover