Palavra Chave:


Conheça mais
    Faça sua reclamação
    Direitos de Família
    Direito Penal
    Direito Civil
    Direito Trabalhista
    Direito do Consumidor
    Direito Previdenciário
    Polícia
    Política
    Direito Procesual Civil
    Direito Previdenciário
    Direito Processual Penal
    Sua Saúde
    Noticias
    QUEM SOMOS
Arquivos
    Publicações
    Petições


Reclamação contra AIYBE ESQUADRIAS DE ALUMINIO LTDA
Reclamação: A minha indignação é contra a empresa AIYBE ESQUADRIAS DE ALUMINIO LTDA, esta empresa foi contratada para...
Reclamação contra a N O K I A
Reclamação: Em 19 de Dezembro de 2007 comprei um aparelho de celular da marca Nokia modelo 5200 nota fiscal de balcão...
veja mais

 

22/01/2006 - Furto Estacionamento Supermercado

Na hora das compras

Supermercado paga por moto furtada em seu estacionamento

O supermercado Via Brasil, em Pampulha, Belo Horizonte, terá de pagar R$   16 mil a um cliente que teve sua moto furtada em seu estacionamento. A decisão é do juiz José Washington Ferreira da Silva, da 20ª Vara Cível de BH. Cabe recurso.

O furto ocorreu em abril de 2004. Ele fez compras no supermercado e quando voltou ao estacionamento sua moto tinha sido levada. A informação é do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

O motoqueiro comunicou o fato ao departamento de segurança do local e à Polícia Militar. O supermercado se recusou a ressarcir o motoqueiro alegando que não existiam provas de que o furto ocorreu no estacionamento.

Apesar de o local possuir câmeras de vídeo, nenhuma fita foi apresentada para demonstrar que o cliente não estacionou a moto no local. O boletim de ocorrência foi registrado no mesmo dia, anexo a um cupom fiscal de compras.

O juiz entendeu que, embora funcione como supermercado, o estabelecimento oferece serviço de estacionamento. Assim, não resta dúvida ser de sua a responsabilidade de guarda e segurança dos objetos ali deixados.

Processo 02404333726-0

Revista Consultor Jurídico, 18 de agosto de 2005

Inserida por: Dr. Espirito Santo fonte:  Revista Consultor Jurídico, 18 de agosto de 2005
Imprimir   enviar para um amigo
Fiz uma reforma no imóvel que eu alugo, tenho direito a indenização?
É muito comum nos contratos de locação a presença de uma cláusula estipulando que nenhuma benfeitoria realizada no imóvel pelo locador será indenizada, seja qual for sua natureza. Estipula-se ainda que qualquer modificação no imóvel, ainda que para valori
Preço dos imóveis começa a desacelerar
Divulgado ontem, o levantamento mais recente da entidade mostra que imóveis novos (prontos ou em lançamento) não apresentam tendência de redução de preços na capital. A expectativa é que em 2014 a valorização se mantenha na média de 10%.
Prazo prescricional para cobrar cheque ou promissória
Dois conhecidos titulos de crédito, cheque e nota promissória, são passíveis de execução, ou seja, no caso de inadimplência de pagamento, os dois documentos são aptos a serem cobrados e exigidos por meio de execução, por serem títulos líquidos, certos e e
Herança partilhada e sem complicações
Segundo a professora de Direito da Universidade Federal do Paraná Ana Carla Harmatiuk Matos, o processo depende da organização da própria família. “Nos casos mais simples, quando todos estão de acordo e conseguem juntar os documentos necessários rapidamen
Confirmado prazo de renovação locatícia
Pelo julgamento, concluiu-se que permitir a renovação por prazos maiores que 5 anos contraria a própria finalidade do instituto, uma vez que possíveis mudanças econômicas e outros fatores podem influenciar na decisão das partes em renovar, ou não, o contr
Francisco Christovam - Caso de polícia
A demora em capturar e responsabilizar quem incendeia ônibus contribui para o crescimento vertiginoso desse crime Apenas em janeiro deste ano, 30 ônibus das empresas concessionárias, três das permissionárias e mais nove veículos do sistema intermunici
STJ define valor de indenizações por danos morais
Por muitos anos, uma dúvida pairou sobre o Judiciário e retardou o acesso de vítimas à reparação por danos morais: é possível quantificar financeiramente uma dor emocional ou um aborrecimento?
AÇÃO DE REPARAÇÃO DE DANOS MORAIS AJUIZADA POR ORLANDO CINI JUNIOR CONTRA O SITE WWW.RECLAMANDO.COM.BR É JULGADA IMPROCEDENTE
Em atenção ao princípio da sucumbência, condeno o requerente ao pagamento das custas processuais e de honorários em favor do advogado da parte contrária, os quais fixo em R$     1.200,00 (um mil e duzentos reais), considerados o grau de zelo do profissiona
PAINEL DO LEITOR - FOLHA UOL - QUINTA-FEIRA
A seção recebe mensagens por e-mail (leitor@uol.com.br), fax (0/xx/11/3223-1644) e correio (al. Barão de Limeira, 425, São Paulo, CEP 01202-900). A Folha se reserva o direito de publicar trechos
EDITORIAL O acordo de Bali Publicado em 10/12/2013
As negociações tiveram vários lances difíceis, e um personagem sai fortalecido dessa rodada: o brasileiro Roberto Azevedo, diretor-geral da OMC

Total de Resultados: 873

Mostrando a página 2 de um total de 88 páginas

InícioAnterior1234567891011PróximoFinal

  Cadastre seu email e receba as novidades do reclamando.com.br
Cadastrar | Remover