Palavra Chave:


Conheça mais
    Faça sua reclamação
    Direitos de Família
    Direito Penal
    Direito Civil
    Direito Trabalhista
    Direito do Consumidor
    Direito Previdenciário
    Polícia
    Política
    Direito Procesual Civil
    Direito Previdenciário
    Direito Processual Penal
    Sua Saúde
    Noticias
    QUEM SOMOS
Arquivos
    Publicações
    Petições


Coluna do leitor
“O problema das prisões não deve ser ignorado, pois um preso em condições sub-humanas é como um animal enjaulado num...
Vereador sugere projeto que beneficia ONG do próprio chefe
Além de ser diretor da Banda B, rádio onde Colpani trabalha, Martins também foi o maior doador da campanha eleitoral de...
veja mais

 

22/03/2008 - Reclamação contra o DETRAN


 

Nome Completo: Iêda R. da Silva
 E-mail:
irsbalogh@hotmail.com
 Cidade: Salvador
 Estado: BA
 Conheceu: Google
 Reclamação: Em determinado ponto da orla de Salvador, no final da tarde os raios solares incidem sobre o semáforo prejudicando a visibilidade do condutor, que não consegue identificar a cor do sinal. Envolvida numa situação como esta, procurei outro modo para servir de guia, notei pedestres aguardando no passeio, logo, pode-se concluir que o sinal estava aberto para veículos. Pois bem, fui multada a 34km/h por ultrapassar o sinal que o DETRAN alegou estar vermelho. A Engenharia de Tráfego deveria saber que mesmo adotando o modelo com LEDs, não resolvem o problema da dificuldade de visualização provocada pelos raios solares. Será que um condutor a essa velocidade atravessou mesmo o sinal vermelho? Com que intuito? A dúvida é: Vale a pena recorrer? Considero o DETRAN um órgão de idoneidade tão duvidosa.
 
 Cadastro recebido pelo sistema interno do site RECLAMANDO.

=====================================================

Sim, vale a pena recorrer nas Instâncias Administrativas e se perder recorra á Justiça Comum.

José do Espírito Santo Domingues Ribeiro
- Advogado: OAB-PR. 23.252 (Anterior 6.536/76)-
Rua Alferes Poli, 486 - Centro - Cep. 80230-090-Curitiba - PR.
         (41) 3233-9002 -
espírito_santo@uol.com.br


Inserida por: Dr. Espirito Santo fonte:  Iêda R. da Silva
Imprimir   enviar para um amigo
DIPLOMA FALSO DO MINISTRO DO PT
ACORDA BRASIL
Padre pede que STF defenda direitos de nascituros contra 'pressões externas'
Os leitores podem colaborar com o conteúdo da Folha enviando notícias, fotos e vídeos (de acontecimentos ou comentários) que sejam relevantes no Brasil e no mundo.
Joaquim Barbosa e a diferença entre elisão e evasão
Do ponto de vista tributário, no primeiro caso (compra de ações), os tributos incidirão sobre a transferência das ações. No segundo caso, sobre a transferência dos ativos.
Recuperação judicial não é calote
A lei confere à empresa em crise a possibilidade de, na prática, apresentar a proposta que melhor se encaixe nas suas possibilidades, sendo vedadas, naturalmente, propostas ilegais ou que prejudiquem algum dos credores.
Governo vai montar 'gabinete digital' para as redes sociais
Segundo a Folha apurou, o objetivo é abastecer o mundo cibernético com dados oficiais; monitorar e pautar o debate virtual;
A (in)capacidade do Código Civil de acompanhar as mudanças sociais
A entrevista desta edição é com o novo presidente do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF 4), Tadaaqui Hirose, que assume o cargo hoje.
Código Civil completa uma década entre avanços e retrocessos
Além da falta de distinção dos direitos de personalidade nos meios eletrônicos, as relações contratuais e empresariais da modernidade também são lacunas deixadas pelo atual Código Civil brasileiro, segundo os juristas consultados pela reportagem.
Até onde vai o direito de se recordar o passado
A edição ainda traz artigos de diferentes temáticas. O texto dos advogados Rosane Menezes Lohbauer e Rodrigo Sarmento Barata aborda a falta de parcerias público-privadas na área de transporte público.
Os limites do direito de ser esquecido
Para a professora Vera Karam é um excesso que o esquecimento tenha estatuto de direito, pois ele já estaria envolto nos direitos de personalidade.
Cidadão pode recorrer à Justiça para defender a comunidade
Quando se decide levar situações de irregularidade ao Ministério Público, também é preciso que os elementos das denúncias sejam consistentes.

Total de Resultados: 873

Mostrando a página 4 de um total de 88 páginas

InícioAnterior12345678910111213PróximoFinal

  Cadastre seu email e receba as novidades do reclamando.com.br
Cadastrar | Remover